Santa Inês

Ela viveu em fins do século III. Aos 12 anos, recusou um casamento, dizendo preferir morrer a perder a virgindade, pois havia entregado sua vida a Cristo. Ofereceu-se como mártir e, conforme o costume romano, foi decapitada em 304. Por causa de sua castidade é invocada como padroeira das raparigas ou da pureza do corpo. Foi enterrada junto à Via Nomentana, em Roma, e em 354 foi construída uma igreja sobre seu túmulo.

Veja mais